Djokovic sobre o Big 3: «Não é a primeira vez que ficamos à espera que os jovens nos desafiem»

Por Nuno Chaves - 10 Janeiro, 2019

Nesta altura, a cada torneio do Grand Slam que começa, a expetativa em perceber aquilo que a nova geração é capaz de fazer aumenta sempre. No Open da Austrália, jovens como Alexander ZverevStefanos TsitsipasBorna Coric ou Karen Khachanov entram na competição com ambições em puderem chegar às rondas mais adiantadas.

Mas será que estão prontos para conquistar um Major? Novak Djokovic falou dessa possibilidade. “Há sempre a hipótese de começarem a ganhar Grand Slams, creio que há muita gente à espera que consigam derrubar essa porta e possam triunfar. Para mim, o Zverev é o líder desta nova geração”, confessou o número um mundial.

“Ele tem um estilo de jogo único e creio que está na frente de outros grandes rapazes como o Tsitsipas, Thiem, Khachanov ou Coric. Creio que já podem lutar de igual para igual com os melhores do mundo e já tivemos provas na temporada passada, uma vez que nos ganharam em algumas ocasiões”, relembrou Nole, citado pelo Sport 360.

Sobre o Big Three, Djokovic deixou uma questão no ar. “Não é a primeira vez que ficamos à espera que os jovens nos desafiem e lutem connosco pelas primeiras posições. Até agora, o Big Three esteve por cima durante a última década e vamos ver se nos podem destronar este ano. Mas há que admitir que a cara do ténis está a mudar porque tens mais desafios e queres sempre ganhar, agora tudo é mais complicado com tanto jovem a chegar”, concluiu.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.