Djokovic sensibilizado com presença de Sampras: «Estava nervoso, queria impressioná-lo»

Por Bola Amarela - 10 Março, 2019

Número um mundial, detentor de 14 títulos do Grand Slam e conhecido e reconhecido pela postura imperturbável com que se apresenta  no court, Novak Djokovic viu-se, esta madrugada, transportado para os tempos de juventude, sem conseguir esconder o nervosismo por ver o seu ídolo na bancada.

Pete Sampras assistiu ao seu encontro da segunda ronda, diante de Bjorn Fratangelo, numa das filas da frente. “Tenho de admitir que estava um pouco nervoso, não vejo o Pete com muita frequência”, revelou o sérvio após o triunfo em duas partidas. “Tive uma agradável surpresa ao vê-lo a assistir ao meu encontro. É uma emoção para mim ver alguém que admirei tanto em criança”.

“Tentei impressioná-lo. Acho que tentei impressioná-lo em demasia no primeiro set”, brincou Djokovic, fazendo referência ao tie break que foi forçado a jogar na partida inaugural. “Fui ter com ele e agradecer-lhe por ter vindo”, explicou o número um mundial, recordando os tempos em que era o antigo jogador norte-americano a ser observador pelo jogador dos Balcãs.

“Quando estava ainda a começar a jogar, uma das primeiras imagens de que me lembro relacionadas com o ténis é dele a jogar e a ganhar o primeiro título em Wimbledon. Era apenas um menino em Kopaonik, uma montanha no sul da Sérvia”, relembra.