Djokovic justifica ‘medical time out’ após terceiro set: «Não estou lesionado, mas foi estranho»

Por José Morgado - Fevereiro 2, 2020
djokovic-inter

Novak Djokovic conquistou este domingo o seu 17.º título do Grand Slam, mas teve de virar pela primeira vez na carreira uma final de dois sets a um abaixo, algo que nunca tinha acontecido nas sete vezes anteriores em que se colocou nessa situação. O sérvio chegou a viver momentos muito difíceis no terceiro set, em que pareceu em clara falência física e explicou depois o que se passou.

“Não estou lesionado, mas foi estranho. O meu corpo colapsou, fiquei sem energia e a sentir-me tonto. Tentámos fazer os possíveis tendo em conta as circunstâncias para rejuvenescer um pouco, mas tive alguma sorte. Com o Roger senti algo semelhante. Ainda não sei explicar a situação, ainda vou falar com o médico, mas naquela altura não havia muito a fazer senão beber e tomar algumas coisas. Estava desidratado”, confessou em declarações ao ‘Channel 9’, canal que transmite a prova na Austrália.

Djokovic falou de novo da situação em conferência de imprensa. “Não me estava a sentir bem fisicamente. Mas naqueles momentos temos de nos aguentar e aceitar aquilo que estamos a sentir. Salvar um break point no início do quarto set e sobreviver a esse jogo acabou por ser decisivo”.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.