Djokovic: «Federer e Nadal inspiram-me, enquanto eles jogarem eu continuo»

Por José Morgado - Fevereiro 21, 2021
djokovic-federer-nadal

Novak Djokovic, número um do Mundo, conquistou este domingo o Australian Open pela nona vez, somando assim um 18.º título de Grand Slam que o aproxima do record  de Majors de Roger Federer e Rafael Nadal (20). O sérvio de 33 anos não esconde a longevidade dos seus rivais é um dos seus principais fatores de motivação para a continuar a jogar ao nível a que se exibe nesta altura da sua vida.

“Não sei se tenho palavras boas para nos descrever aos três, a mim, ao Roger e ao Rafael. Não penso muitas vezes nisso, mas sei que eles me inspiram. É algo que já disse muitas vezes no passado. Voltou a dizer: enquanto eles jogarem, eu continuo também. É como se fosse uma corrida para ver quem joga mais e quem ganha mais. Eu acho que uma das principais razões pelo qual cada um de nós ainda joga é precisamente o facto de os outros estarem no circuito. Servimos de motivação uns para os outros”, confessou na conferência de imprensa depois da final em Melbourne.

 

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.