Djokovic explica como surgiu a lesão no ombro e diz que continua a precisar de cautela

Por Nuno Chaves - Outubro 9, 2019
Foto: Getty Images

Novak Djokovic, número um mundial, estreou-se esta quarta-feira com uma vitória, no início da defesa do título do ATP 1000 de Xangai, frente ao canadiano Denis Shapovalov, naquela que foi a sexta vitória consecutiva do sérvio.

O ombro continua a ser um tema dominante das conferências de imprensa e Nole voltou a esclarecer a situação. “Há várias razões para isto ter acontecido, mas para não entrar em detalhes, não foi especificamente por um gesto ou algo concreto que causou a lesão”, referiu Djokovic aos jornalistas.

“Foi com o passar do tempo, talvez a postura e a posição do ombro. Mas depois de termos corrigido isso, parece estar bem. Claro que, suponho, ainda preciso de mais um par de semanas para recuperar a 100% e não ficar preocupado. Neste momento não sinto dores a jogar, mas há que ser cauteloso e continuar a trabalhar muito na preparação, reabilitação, recuperação e fortalecimento do ombro”, admitiu o tenista de Belgrado.

Quanto ao torneio, Djokovic está qualificado para os oitavos de final e defronta esta quinta-feira o norte-americano John Isner.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.