Djokovic e (mais) um dado que mostra a sua polivalência

Por Bola Amarela - Dezembro 18, 2020
djokovic

Novak Djokovic, de 33 anos, discute com os seus outros dois rivais do Big Three o estatuto de melhor jogador de todos os tempos. O sérvio não é tão historicamente dominador em nenhum Grand Slam como os seus outros rivais (Rafael Nadal em Roland Garros e Roger Federer em Wimbledon), mas é aquele que mais consistente é entre os quatro. A diferença entre o seu melhor Grand Slam (Australian Open e US Open) em termos de número de vitórias em comparação com aquele que é o seu menos bom (Wimbledon, onde curiosamente tem cinco títulos) é a mais equilibrada entre todos os jogadores.

https:\/\/bolamarela.pt//bolamarela.pt//twitter.com/Big3Tennis/status/1339594699049320451?ref_src=twsrc%5Etfw%7Ctwcamp%5Etweetembed%7Ctwterm%5E1339594699049320451%7Ctwgr%5E%7Ctwcon%5Es1_&ref_url=http%3A%2F%2Fwww.puntodebreak.com%2F2020%2F12%2F17%2Fcurioso-dato-muestra-polivalencia-regularidad-djokovic

No total de vitórias em Majors, Federer continua, no entanto, a liderar de forma clara:

Federer, 362
Djokovic, 296
Nadal, 282

Bola Amarela