Djokovic: «É difícil ser o melhor de sempre com o Federer e o Nadal ainda a jogar»

A discussão de quem é o melhor jogador de todos os tempos ganha contornos cada vez maiores à medida que o tempo passa, já que Roger FedererRafa NadalNovak Djokovic continuam a ganhar títulos do Grand Slam de forma arrasadora.

O sérvio, questionado se pensa mesmo ser o melhor de sempre, respondeu de forma… humilde. “Com o Roger e o Nadal ainda a jogar é difícil, mas estou orgulhoso do facto de estar na discussão e claro que quero bater mais recordes e fazer mais história neste desporto”, referiu.

“É muito difícil de comparar gerações, por isso é que esta conversa de quem é o melhor de sempre é muito complexa para mim. O Roger venceu 20 Grand Slams e ele está na discussão mas as gerações são tão diferentes… Rod Laver, Connors, Sampras, todos estes jogadores fizeram muito e merecem respeito”, explicou o tenista de 31 anos.

Recorde-se que Djokovic se encontra em Xangai, em mais um passo para tentar recuperar a liderança do ranking ATP a Rafa Nadal.