Djokovic domina Wawrinka e fica a uma vitória de garantir que continua número um

Por Pedro Gonçalo Pinto - Maio 12, 2022

Novak Djokovic renovou a rivalidade com Stan Wawrinka, mas acabou por não sentir grandes problemas para bater o suíço, que ainda está muito longe da sua melhor forma. Foi por isso com naturalidade que o número um do Mundo triunfou rumo aos quartos-de-final do Masters 1000 de Roma, ficando a uma vitória apenas de garantir que sairá de Itália como líder do ranking ATP.

Nole bateu Stan pela 20.ª vez na carreira — em 26 encontros –, desta feita com os parciais 6-2 e 6-2, num encontro que durou pouco mais do que uma hora. O sérvio manteve o serviço de Wawrinka, hoje em dia número 361 do ranking mundial, sob pressão durante todo o duelo, sendo que só cedeu o seu próprio saque por uma ocasião e já foi numa altura em que estava prestes a fechar o encontro. Tanto que somou logo mais uma quebra antes de selar a vitória.

https:\/\/bolamarela.pt//bolamarela.pt//twitter.com/TennisTV/status/1524791181896450049

Desta maneira, Djokovic garante o lugar nos quartos-de-final e sabe que ‘só’ precisa de bater Felix Auger-Aliassime para segurar a primeira posição do ranking ATP e voltar a ultrapassar virtualmente o russo Daniil Medvedev, que volta na próxima semana em Genebra.

Quem também triunfou foi Cristian Garín. O chileno, número 45 do Mundo, superou uma batalha de três horas para recuperar o acesso aos quartos-de-final e as melhores sensações, ao bater Marin Cilic (23.º), com os parciais 6-3, 4-6 e 6-4.

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.