Djokovic aprendeu a jogar com esquerda a uma mão e explica porque mudou para duas

Novak Djokovic contou desde Xangai que, quando começou a jogar ténis, aprendeu a fazê-lo utilizando a esquerda…a uma mão. O sérvio de 31 anos falou das vantagens de desvantagens de bater a esquerda a uma mão oiu a duas, ressalvando a ideia de que haverá sempre diferenças.

“É claro que existe sempre diferenças. A esquerda a uma mão é mais útil para a variação de ritmos de ângulos, mas a duas mãos consegues defender melhor, é mais fácil devolver bolas altas com o apoio do outro braço”, confessou Djokovic, que na segunda-feira vai subir a número dois mundial.

O tenista de Belgrado explica porque mudou para duas mãos já na adolescência. “Os outros meninos jogavam-me bolas altas para a esquerda e eu comecei a ficar muito aborrecido, até perceber que com duas mãos era muito mais fácil devolver”.