Del Potro revela episódio caricato antes dos Jogos do Rio: «Ninguém tinha coragem de me dizer quem ia defrontar»

Por José Morgado - Março 24, 2020
Potro

Juan Martín Del Potro encontra-se a recuperar da sua sexta cirurgia em menos de 10 anos, mas já recuperou no passado de outras situações igualmente complicadas. O argentino de agora 31 anos, que está a tentar voltar de uma lesão no joelho direito, esteve perto de abandonar o ténis em 2016, quando voltou de três operações ao pulso esquerdo. Nessa altura, não conseguia bater a esquerda e desgostoso foi até aos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro sem grande expectativas de sucesso.

“Não andava nada bem naquele altura, mas os Jogos do Rio foram um clique na minha cabeça e na minha carreira. Mantiveram-me vivo. Mas houve um episódio muito engraçado nessa prova, porque o sorteio aconteceu enquanto eu passeava pela vila olímpica e ninguém tinha coragem de dizer-me com quem eu ia jogar. A verdade é que foi um dos melhores encontros da minha carreira, a nível tenístico e emocional”, confessou Del Potro, durante um direto de Instagram com o seu compatriota Manu Ginonibili, quatro vezes campeão da NBA.

Esse encontro, recorde-se, foi diante de Novak Djokovic, então número um do Mundo, na primeira ronda dos Jogos Olímpicos, para o qual o sérvio era um dos grande favoritos. Del Potro venceu e só parou na final, diante de Andy Murray. Saiu do Brasil com a medalha de prata…

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.