Carlos Ramos leva novamente Portugal à final do Open da Austrália

Considerado um dos melhores árbitros do mundo do ténis, Carlos Ramos vai regressar a um final de singulares num torneio do Grand Slam. O juíz português foi anunciado como o escolhido para estar presente na cadeira da grande final masculina, que vai colocar frente a frente Novak Djokovic e Andy Murray.

O anúncio foi feito pelos comentadores da Eurosport durante a cerimónia de entrega de prémios da final feminina. Depois de Roland Garros (2005), Wimbledon (2007), do Open dos Estados Unidos (2011) e dos Jogos Olímpicos, Carlos Ramos está de volta à cadeira de árbitro numa final do Open da Austrália, onde também já esteve em 2005 e mais recentemente em 2014, na vitória de Stanislas Wawrinka.

Recorde-se que o árbitro, atualmente com 44 anos, é o único na história a ter arbitrado todas as finais dos quatro torneios mais importantes do mundo e ainda a final dos Jogos Olímpicos.

A final está agendada para as 8h30 da manhã deste domingo e tem transmissão em direto na Eurosport.