Campeão Fábio Coelho termina carreira com derrota na 2.ª ronda do Nacional

Por José Morgado - Novembro 8, 2023
fabio-coelho-cn

Fábio Coelho, campeão nacional em título, jogou esta quarta-feira o seu último encontro da carreira profissional, aos 23 anos, ao cair na segunda ronda do Campeonato Nacional Absoluto, um ano depois de ter vivido nestes mesmos courts cobertos do complexo de ténis do Jamor aquele que foi o melhor momento da sua carreira.

O tenista de Oliveira de Azeméis, que vai parar de competir por questões financeiras e depois de uma época que não lhe correu como desejava, cedeu na segunda ronda do Nacional diante do jovem bracarense Rodrigo Fernandes, de 17 anos e campeão nacional de Sub-18 este ano, por 6-3 e 6-1, num duelo que ainda que tenha sido (surpreendentemente) colocado no court 3 contou com grande ambiente e a (pequena) bancada cheia.

Os três primeiros cabeças-de-série do Campeonato Nacional Absoluto também seguiram em frente: Henrique Rocha (1.º) derrotou o experiente Miguel Semedo por 6-4, 6-2; Jaime Faria (2.º) levou a melhor sobre Guilherme Rosa por 6-3 e 6-1; e Pedro Araújo eliminou o jovem Francisco Guimarães, por 6-0 e 6-0.

 

Apaixonei-me pelo ténis na épica final de Roland Garros 2001 entre Jennifer Capriati e a Kim Clijsters e nunca mais larguei uma modalidade que sempre me pareceu muito especial. O amor pelo jornalismo e pelo ténis foram crescendo lado a lado. Entrei para o Bola Amarela em 2008, ainda antes de ir para a faculdade, e o site nunca mais saiu da minha vida. Trabalhei no Record e desde 2018 pode também ouvir-me a comentar tudo sobre a bolinha amarela na Sport TV. Já tive a honra de fazer a cobertura 'in loco' de três dos quatro Grand Slams (só me falta a Austrália!), do ATP Masters 1000 de Madrid, das Davis Cup Finals, muitas eliminatórias portuguesas na competição e, claro, de 13 (!) edições do Estoril Open. Estou a ficar velho... Email: josemorgado@bolamarela.pt