Bia Maia brilha rumo às meias-finais de pares no Australian Open

Por José Morgado - Janeiro 25, 2022

Beatriz Haddad Maia, jogadora brasileira de 25 anos que tem vivido uma espécie de segundo sopro na sua carreira desde 2020, com muitas e importantes passagens por Portugal, voltou a fazer história para o seu país esta terça-feira ao qualificar-se para as meias-finais de pares do Australian Open 2022, ao lado da cazaque Anna Danilina, com quem tem jogado no circuito este ano.

A dupla derrotou nos quartos-de-final da prova a sueca Rebecca Peterson e a russa Anastasia Potapova por 4-6, 7-5 e 6-3, numa intensa batalha de mais de duas horas, naquela que é a primeira vez que uma mulher brasileira chega às meias-finais do Australian Open na Era Open.

“Foi um encontro incrível. Não foi fácil jogar 100 por cento bem, não foi o nosso melhor ténis, mas lutámos bastante e sabíamos que era possível. É uma loucura a quantidade de encontros que temos vencido a partir de situações complicadas”, confessou Bia, que agora vai reencontrar nas meias-finais as japonesas Shuko Aoyama e Ena Shibahara, que Maia e Danilina derrotaram precisamente na semana passada, em Sydney.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.