Berrettini ganha últimos 11 (!) jogos e avança para as ‘meias’ em Madrid

Por Bola Amarela - Maio 7, 2021

A certa altura, Matteo Berrettini parecia estar de malas feitas para se despedir do Mutua Madrid Open nos quartos-de-final. É que o número 10 do ranking mundial estava a perder por 7-5 e 3-1 com Cristian Garín, que tinha um pé e meio nas ‘meias’ do Masters 1000 espanhol. No entanto, o italiano operou uma sensacional reviravolta e venceu os últimos 11 (!) jogos do encontro para fechar com os parciais 5-7, 6-3 e 6-0.

Berrettini revigorou por completo o seu ténis e passou a conquistar todos os pontos importantes, resistindo em vários jogos muito disputados nas vantagens que acabaram por fazer toda a diferença e castigar a confiança de Garín. Já o 25.º ATP ficará a pensar muito neste desaire, no qual acabou por enfrentar 14 pontos de break, salvando somente 8.

Desta forma, Berrettini, que nunca tinha jogado sequer o Masters 1000 de Madrid, avança para as meias-finais, igualando o seu melhor resultado de sempre num Masters 1000. Em 2019, caiu exatamente neste obstáculo mas em Xangai, na China, enquanto agora vai à procura de dar um passo em frente diante de Casper Ruud, adversário com o qual tem uma vitória e duas derrotas, ambas em terra batida.

Bola Amarela