Berrettini: «É bom para o ténis não ter sempre o Djokovic, Nadal e Federer a ganhar»

Por Nuno Chaves - Abril 21, 2021

Depois de Novak DjokovicMatteo Berrettini é a outra grande figura presente esta semana no ATP 250 de Belgrado. O italiano procura ganhar ritmo competitivo, depois da lesão contraída no Australian Open e, na antevisão ao torneio sérvio, teve tempo para comentar alguns dos assuntos da modalidade.

Sobre o impacto do Big Three no circuito, Berrettini não teve grandes dúvidas. “Creio que é bom para o ténis que o Big Three não ganhe todos os torneios que disputa. Nos Grand Slams a coisa é um pouco mais complicada, mas creio que vai mudar nos próximos tempos. Não só porque estão mais anos e um pouco mais cansados mas também porque os jovens são realmente bons. Isto faz com que queira continuar a melhorar para ter as minhas opções”, revelou o número 10 mundial.

E sobre essa nova geração, Berrettini também se mostrou com um discurso muito acertivo. “Sei o que tenho de fazer para estar ao mesmo nível que este grupo de jovens. Eles demonstraram que podem jogar a um nível alto e que têm mais experiência em jogos deste calibre. Espero estar também neste grupo que pode competir pelos melhores torneios”, concluiu.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.