Azarenka defende que circuito feminino é mais equilibrado do que o masculino

Por Bola Amarela - 25 Dezembro, 2018

Victoria Azarenka prepara-se para regressar a Melbourne, para jogar o Open da Austrália, torneio que venceu em 2012 e 2013. A bielorrussa de 29 anos não jogou as duas últimas edições, depois de ter sido mãe em dezembro de 2016. Em entrevista ao jornal neozelandês ‘Stuff’, Azarenka falou sobre o estado do ténis feminino, defendendo que é mais equilibrado do que o circuito masculino.

“Quando tínhamos uma jogadora a ganhar muitos títulos do Grand Slam, as pessoas diziam que era aborrecido, mas é o que tem acontecido no ténis masculino nos últimos 15 anos. Por muito que eu goste de assistir aos encontros do Rafa [Nadal], do Roger [Federer], do Novak [Djokovic] e do Andy [Murray], eles têm vencido todos os Grand Slam”, frisou.

Os números dão razão a Azarenka. Vejamos, desde que Nadal conquistou o seu primeiro Roland Garros, só três jogadores conseguiram acabar com a hegemonia do Big 4: Stan Wawrinka, que venceu o Open da Austrália, Roland Garros e o Open dos Estados Unidos, e  Marin Cilic e Juan Martin del Potro, ambos no Open dos Estados Unidos.