Antigo agente de Zverev deixa bicada: «Antes tinha sete contratos e agora sobra um»

Por Pedro Gonçalo Pinto - Junho 24, 2022

Depois de chegar a número três do Mundo, Alexander Zverev rompeu a ligação que tinha com o empresário Patrício Apey, chileno que o representava, e assinou pela Team8, a agência de Roger Federer. Apey processou Sascha e acabou por ganhar em tribunal, com o alemão a chegar a um acordo para pagar 1,4 milhões de dólares. No entanto, Apey veio a público falar de toda a situação.

“Zverev nunca teve tempo e vontade de falar disto. Quando chegou a número três do Mundo comigo, depois de um ano fabuloso, alguém o convenceu de que estaria melhor com outro. Se me tivesse dito que Federer estava no meio disto, eu mesmo o tinha levado e dizia que era bom rapaz, sensível e que tivessem cuidado com o ego dele. O que não podia era decidir romper sozinho”, atirou ao portal CLAY.

Apey diz estar de consciência tranquila e deixou um bicada a Zverev, que agora recupera de lesão. “Nunca quis falar comigo. Entendo, é jovem. Eu queria proteger o que estava no contrato, que era uma percentagem. As coisas começaram a correr-lhe mal dentro e fora de court e a pandemia atrasou o início do julgamento. Por isso fizemos um acordo. Eu estou tranquilo, durmo bem. Olhando para o passado, vejo que Sascha antes tinha sete contratos e agora, pelo que sei, só sobra um. É um grande jogador e vai ganhar muitos Grand Slams, mas a fase de ser príncipe antes de rei deixou-a passar”, apontou.

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.