Antiga estrela júnior e ex-top 300 ATP banido para a vida após 21 atos de corrupção

Por José Morgado - Maio 4, 2020
hossam

Youssef Hossam, egípcio de 21 anos que foi top 10 mundial de juniores em 2016 e top 300 ATP em 2017, foi banida esta terça-feira para a vida pela Federação Internacional de Ténis, depois de terem sido provados 21 atos de corrupção pela Unidade para a Integridade do Ténis (TIU).

O jogador tentou defender-se numa audiência em tribunal, que aconteceu de 9 a 11 de março, mas ficou provada a culpa em 21 situações diferentes no período compreendido entre 2015 e 2019.

 

Oito casos de resultados combinados

Seis casos em que facilitou resultados combinados

Dois casos em que pediu a outros jogadores que não se esforçassem em court

Três casos em que não denunciou abordagens corruptas

Dois casos em que não cooperou com a investigação

Youssef Hossam, o primeiro egípcio da história a chegar ao top 10 mundial de juniores, já tinha o seu irmão mais velho, Karim, igualmente banido para a vida.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.