Andy Murray vence batalha e volta a uma final ATP mais de dois anos depois

Por José Morgado - Janeiro 14, 2022
murray-sydney

Andy Murray, ex-número um do Mundo e à procura de voltar à melhor forma, confirmou esta sexta-feira o seu regresso a uma final ATP pela primeira vez desde outubro de 2019 (Antuérpia, quando foi campeão), ao garantir uma vaga no encontro de discussão do título do ATP 250 de Sydney, na Austrália.

Numa meia-final muito equilibrada, Murray, de 34 anos e atualmente caído para o 135.º posto do ranking mundial, derrotou o norte-americano Reilly Opelka, 25.º colocado e quarto cabeça-de-série em Sydney, por 6-7(6), 6-4 e 6-4, numa batalha que se prolongou por 2h27 e na qual o tenista escocês nunca foi quebrado.

Na final, em busca do 47.º título da carreira e do regresso ao top 100, Murray vai defrontar o vencedor do encontro entre o seu compatriota Daniel Evans e o russo Aslan Karatsev, dois top 30 ATP.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.