A improvável história de Cerundolo: de zero vitórias em piso rápido no ATP Tour aos recordes em Miami

Por Pedro Gonçalo Pinto - Março 31, 2022

Francisco Cerundolo continua a pisar terrenos absolutamente desconhecidos no Masters 1000 de Miami. O argentino, número 103 do ranking ATP, nunca tinha jogado sequer o quadro principal de um torneio desta categoria – e a única participação que tinha num qualifying foi em Indian Wells… – e já está nas meias-finais, depois de beneficiar da desistência de Jannik Sinner no duelo dos quartos-de-final.

Trata-se de algo que surpreende tudo e todos, incluindo o próprio Cerundolo, tendo em conta toda a história por trás… e que está a ser feita. Ora, basta ver que o argentino é semi-finalista com pior ranking na história do torneio, que se realiza já há 37 anos. Por outro lado, tornou-se no primeiro tenista a chegar às ‘meias’ de um Masters 1000 na sua estreia em quadros principais deste nível desde Jerzy Janowicz, que o fez em Paris’2012. De resto, nunca nenhum argentino tinha conseguido isso.

Mas há um outro dado ainda mais impressionante. É que Fran Cerundolo tem na terra batida o seu habitat natural, ao ponto de nunca ter vencido sequer um encontro num quadro do ATP Tour em piso rápido… em toda a carreira! O argentino entrou com 0-2 no torneio e agora vai em 5-2. Será que consegue fazer frente a Casper Ruud nas ‘meias’?

https:\/\/bolamarela.pt//bolamarela.pt//twitter.com/ATPMediaInfo/status/1509308871562698756?s=20&t=-gr3gQp9mq–VHAflgtoNg

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.