Victor Estrella Burgos escreve o seu nome na história do ténis

No desporto de alta competição, a marca dos 30 anos é, para muitos, um sinal de alerta, anunciando a chegada ao fim da linha. Mas hoje, voltou a provar-se o contrário.

O recém eleito desportista dominicano do ano alcançou um feito nunca antes atingido na história da Era Open. Aos 34 anos de idade, Victor Estrella Burgos tornou-se o jogador mais velho a conquistar o seu primeiro torneio ATP. Mas os seus recordes não se ficam por aqui, pois para além de ter alcançado as suas primeiras finais da carreira, na vertente de singulares e na vertente de pares (com o brasileiro João Souza, perderam por 5-7 e (3)6-7 frente à dupla alemã G. Kretschmer e A.Satschko), Estrella Burgos foi também o primeiro jogador de ténis dominicano a atingir uma final ATP.

Estrella Burgos começou o primeiro set em força, quebrando o serviço de Feliciano Lopez logo no início da partida. Depois de fazer o seu segundo break do set, o dominicano fechou a partida por 6-2. O segundo set foi bastante mais equilibrado, tendo seguido para tiebreak sem qualquer quebra de serviço. Estrella Burgos não se levou por vencido e garantiu uma vantagem de 4-1 no último set, mas Feliciano Lopez ainda conseguiu levar o encontro para tiebreak.

O dominicano, mostrou a sua determinação e conseguiu vencer a partida no segundo match point, levando o troféu do ATP 250 de Quito, no Equador, com os parciais de 6-2, 6-7(5), 7-6(5). Também Feliciano Lopez teve motivos para celebrar, embora tenha perdido o encontro. O espanhol disparou 19 ases no encontro e fez história, sendo o nono jogador (terceiro no ativo) a ultrapassar a marca dos 7000 ases na carreira.

Em duas horas e 17 minutos, Victor Estrella Burgos agitou não só o mundo do ténis mas do desporto em geral, contrariando a ideia de que a idade é um factor determinante para alcançar o sucesso. Aos 34 anos de idade, muitos jogadores já guardaram a viola no saco, mas para Estrella Burgos a festa está agora a começar.