Nestor furioso: «Nadal e López devem dar-se por felizes de o jogo ter sido num court sem ‘hawk-eye’»

Daniel Nestor, uma das maiores lendas da variante de pares no ténis mundial, também não gostou de defrontar Rafael Nadal e Marc López num court secundário do complexo olímpico, mas por razões… bem diferentes. O veterano de 43 anos considera que tanto ele como Vasek Pospisil foram prejudicados pela equipa de arbitragem e que por isso teriam beneficiado de um court com olho de falcão.

“Fomos claramente prejudicados em várias chamadas e os espanhóis podem dar-se por felizes de o jogo ter sido num court sem hawk-eye. Houve chamadas horríveis do juiz de linha e dos árbitros e nunca saberíamos como tinha terminado se essas chamadas tivessem sido ao contrário”, lamentou-se Nestor.

Os canadianos regressam ao court esta sexta-feira, para defrontar os norte-americanos Jack Sock e Steve Johnson na luta pelo bronze.

Sobre o autor
- Artigo escrito ou editado pela equipa de redação.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *