Bicampeão do Estoril Open termina carreira aos 36 anos

É com 36 anos que Albert Montañes decide colocar um ponto final na sua carreira enquanto jogador de ténis. O jogador espanhol, que chegou a ser número 22 do mundo, cumpriu 18 anos enquanto jogador profissional e venceu um total de seis títulos ATP, entre os quais se destacam os títulos de 2009 e 2010 conquistados no Estoril Open. O ATP 500 de Barcelona foi a sua última prova.
A derrota por 6-2 e 6-2 para Feliciano Lopez nesta quarta-feira no ATP 500 de Barcelona, onde competiu no quadro principal com recurso a um convite da organização, foi o último encontro profissional na carreira de Albert Montañes. “Chegou o momento de meter um ponto final na minha carreira. Retiro-me aqui. É o momento de começar uma nova vida”, comentou o veterano, com residência precisamente em Barcelona.
Montañes entrou no top-100 pela primeira vez em 2001 e chegou ao 22.º posto em agosto de 2010. O primeiro título veio em 2008, em Amersfoort, e foi logo no ano seguinte que o espanhol salvou dois match points no segundo set frente a James Blake para vencer a sua primeira final no Estoril Open revalidando o título em 2010, travando o sonho de Frederico Gil.


Nesta temporada, Albert Montañes somou apenas dois triunfos: na primeira ronda da fase de qualificação do ATP 250 de Marselha, e na primeira ronda do quadro principal em Barcelona, frente a Guillermo Garcia-Lopez

Albert Montañés ha anunciado hoy su retirada tras el @bcnopenbs

Uma publicação partilhada por Barcelona Open Banc Sabadell (@bcnopenbs) a