Bartoli: «Sei que a Maria Sharapova não é dopada»

Marion Bartoli, antiga campeã de Wimbledon, em 2013, saiu esta terça-feira em defesa de Maria Sharapova na sequência do seu controlo positivo de doping, assumido na segunda-feira à noite. A francesa, que se retirou meses depois do título na relva londrina, acredita que o controlo da russa se deveu simplesmente a um ato de negligência.

“Eu sei que a Maria Sharapova não é dopada, nem se dopa. Penso que se tratou de um ato de negligência”, confessou a francesa, aos microfones da estação RTL.