Novak Djokovic regressa a uns quartos-de-final 10 meses e meio depois

Fim do jejum. Pela primeira vez em 2018 — e desde Wimbledon 2017 — Novak Djokovic está de regresso aos quartos-de-final de um torneio. O sérvio de 30 anos, atual 18.º colocado do ranking ATP, derrotou o espanhol Albert Ramos, número 41 do ranking, por 6-1 e 7-5, num encontro em que ainda tremeu na parte final, sendo quebrado na primeira vez que serviu para a vitória.

Com uma exibição segura de fundo do court, agressivo e com mais winners do que erros não-forçados, Djokovic jogou como poucas vezes se tem visto este ano e confirmou o regresso ao top 8 de um torneio ao fim de 10 meses e meio, quebrando a maior série de maus resultados da sua carreira.

A defender 600 pontos esta semana, a presença de Novak Djokovic nos ‘quartos’ confirma que o sérvio será cabeça-de-série em Roland Garros, garantindo ainda que o antigo número um mundial de mantém no top 30 do ranking ATP. Para se manter no top 20, precisa de chegar à final em Roma.

Sobre o autor
- Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Jornalista do Jornal Record desde 2013. Entrou no Bola Amarela em 2008 e ainda por aqui está, a escrever sobre a modalidade que verdadeiramente o apaixona.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *