Murray eliminado do Masters de Monte Carlo!

Incrível! Andy Murray foi eliminado na terceira ronda do Masters de Monte Carlo por Albert Ramos-Viñolas, com os parciais de 2-6, 6-2 e 7-5. A surpresa ganha contornos ainda mais inacreditáveis sabendo que o número 1 mundial chegou a ter dois breaks de avanço no derradeiro set. Ainda assim, a vitória caiu para o lado do catalão, ao fim de 2h33 de jogo.

O britânico até começou bem, apesar de alguma irregularidade. A vitória no primeiro set não fazia adivinhar o que viria a seguir. Ramos-Viñolas começou a ser mais efetivo no seu serviço e a ser mais agressivo na resposta. Só para se ter uma ideia, durante o segundo set o espanhol apenas perdeu um ponto nos 11 que disputou com o seu primeiro serviço. Por outro lado, Murray esteve muito mal quando foi obrigado a recorrer ao segundo saque, tendo tido uma percentagem de 18% de pontos ganhos.

Mas seria no terceiro set que a surpresa aconteceria. O britânico até forjou relativamente rápido uma liderança de dois breaks, com o resultado em 4-0. Inclusivamente, nesta fase, poucos acreditariam que não seria Murray a estar nos quartos-de-final. Mas o que é certo é que o número 24 do mundo, Ramos-Viñolas, recuperou não só do atraso como até podia ter fechado o jogo mais cedo, não fosse Murray ter salvo alguns break points aos 4-4. Não foi aí, foi mais tarde e a vitória não escapou ao espanhol, com o parcial de 7-5. O esquerdino segue assim para a próxima ronda.

Quem também está nos quartos-de-final é Marin Cilic. O croata até vinha de má fase na temporada, mas em Monte Carlo parece começar a mostrar argumentos mais condizentes com a sua condição de top-10. O vencedor do US Open em 2014 bateu Tomas Berdych por 6-2 e 7-6(0), numa exibição onde foi sempre muito agressivo. Cilic encontrará agora precismante Ramos-Viñolas na fase seguinte.

Sobre o autor
-

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *