Membros da Itália e Argentina quase acabam à pancada na Taça Davis

Não terminou da melhor forma o embate entre a Argentina e a Itália na Taça Davis. Fabio Fognini deu a volta a um marcador que a certo ponto estava bastante favorável a Guido Pella e deu à Itália o acesso aos quartos-de-final do Grupo Mundial ao fim de mais de quatro horas. Segundo um jornalista e outros utilizadores do Twitter, que estiveram no local, teria havido incidentes no fim do encontro entre representantes dos dois países.

Quem o afirma é Sebastián Torok, jornalista do diário “La Nacion” e acompanhante do ténis argentino há largos anos. O jornalista esteve no local a acompanhar o desenrolar dos encontros entre a Argentina e a Itália, cujo desfecho só foi conhecido nesta segunda-feira, e relata alguns incidentes entre membros das duas equipas perante toda a tensão do momento.

“[Leonardo] Mayer, [Diego] Schwartzman e o massajista Walter Alfonso quase terminam à pancada com Alessandro Gianessi, o quinto jogador da Itália“, conta Torok no Twitter. A afirmação foi entretanto confirmadas por outros jornalistas

“Os italianos continuam a discutir e a reclamar, pedindo escolta da equipa de segurança para abandonar o estádio. A Itália saiu com segurança e alguns adeptos insultaram a equipa, outros cuspiram-lhes, disse ainda Enrique Quique Cano, jornalista da Radio Del Plata. A Itália vai encontrar a Bélgica nos quartos-de-final.

 

Sobre o autor
- Licenciado em Jornalismo na Escola Superior de Comunicação Social, em Lisboa. Jornalista da GQ Portugal e colaborador do Bola Amarela desde novembro de 2011, pouco tempo depois de começar a seguir mais atentamente o mundo do ténis. Pretende nunca mais parar.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *