Kyrgios e a (pouca) atitude no primeiro set frente a Dolgopolov: «Foi uma estratégia e voltou a funcionar»

Os alarmes tocaram, mas acabou por não se confirmar. Nick Kyrgios derrotou o ucraniano Alexander Dolgopolov nos quartos-de-final em Brisbane, no entanto, o encontro não começou da melhor maneira para o australiano, uma vez que perdeu facilmente o primeiro parcial por 6-1, dando alguns sinais de pouca competitividade.

Ainda assim, tudo mudou após a conclusão do primeiro parcial. O australiano concentrou-se, apareceu mais focado e começou a praticar um ténis de qualidade. Em conferência de imprensa no final do jogo, Kyrgios comentou a sua personalidade dentro do campo. “Eu sou assim. Sou muito imprevisível. Não sei como vai ser cada jogo. É uma estratégia e funcionou de novo”, referiu, sobre a sua pouca entrega durante o primeiro parcial. “Prefiro que todos os jogos sejam como o de hoje [ontem]. Não mudava nada. Consigo acender e apagar o meu caráter quando quero”.

Em relação ao seu joelho, o atual número 21 mundial admitiu que se sentiu bastante melhor. “Esteve definitivamente muito melhor. No entanto, um pouco dorido. Estou a dirigir como posso mas sinto-me bem. Estou a bater bem na bola, nos meus primeiros jogos do ano ganhei a bons jogadores em 3 sets. O único de positivo que vejo em perder o primeiro set é que compito debaixo de pressão e fico mais tempo no court”, analisou o jogador australiano, que vai defrontar nas meias-finais do ATP 250 de Brisbane, o búlgaro, Grigor Dimitrov.

Sobre o autor
-

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *