Juan Martin del Potro abana mas não cai frente a Zverev

Juan Martin del Potro abanou mas não caiu diante de um dos jogadores que mais adversários tem feito tombar esta temporada: Alexander Zverev. O argentino de 29 anos recuperou de um set abaixo para dar a volta ao número quatro mundial e conquistar um lugar nos quartos-de-final do Masters 1000 de Xangai, na China, com recurso aos parciais de 3-6, 7-6(5) e 6-4, em uma hora e 55 minutos.

Del Potro ainda viu o jovem germânico de 20 anos escapar da derrota quando este serviu a 3-5, mas a  ‘torre de Tandil’ não perdoou no jogo seguinte, quando o serviço passou para o seu lado, perdendo apenas um ponto na hora de selar o triunfo. E nem os 22 ases arremessados por Zverev (mais 10 do que Del Potro) não foram suficientes para desviarDel Potro do caminho da vitória.

O número 23 do ranking mundial fica agora a aguardar o desfecho do encontro entre Viktor Troicki e John Isner para saber com quem vai disputar o acesso às meias-finas.

Sobre o autor
-

Descobriu o que era isto das raquetes apenas na adolescência, mas a química foi tanta que a paixão se mantém assolapada até hoje. Pelo meio ficou uma licenciatura em Jornalismo na Escola Superior de Educação de Viseu e um Secundário dignamente enriquecido por cadernos cujas capas ostentavam recortes de jornais de Lleyton Hewitt. Entretanto ganhou (algum) juízo, um inexplicável fascínio por esquerdas paralelas a duas mãos e um lugar no Bola Amarela. A escrever por aqui desde dezembro de 2013.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *