Campeão júnior do Australian Open acusado de manipular resultado

Um ano depois de ter dado bons motivos para correr as bocas do mundo, ao conquistar o Open da Austrália júnior, Oliver Anderson é motivo de falatório pelas piores razões. A jovem promessa australiana de 18 anos é acusada de ter manipulado o resultado de um encontro que disputou em outubro do ano passado, segundo avança o Melbourne Age.

Anderson terá sido aliciado a perder o primeiro set do embate com o seu compatriota Harrison Lombe na primeira ronda do Challenger de Traralgon, na Austrália. O jogador de Brisbane acabou por vencer o encontro, por 4-6, 6-0 e 6-2, tendo sido eliminado da prova apenas nos oitavos-de-final.

Treinado pelo ex-jogador natural de Melbourne e antigo 44.º do ranking ATP, Wayne Arthurs, Anderson, 743.º mundial, nada disse sobre o assunto, mas, conforme assegura um porta voz da família, “encontra-se a cooperar totalmente com as autoridades e aguarda o processo legal”. A audiência está marcada para o dia 2 de março.

Sobre o autor
- Descobriu o que era isto das raquetes apenas na adolescência, mas a química foi tanta que a paixão se mantém assolapada até hoje. Pelo meio ficou uma licenciatura em Jornalismo na Escola Superior de Educação de Viseu e um Secundário dignamente enriquecido por cadernos cujas capas ostentavam recortes de jornais de Lleyton Hewitt. Entretanto ganhou (algum) juízo, um inexplicável fascínio por esquerdas paralelas a duas mãos e um lugar no Bola Amarela. A escrever por aqui desde dezembro de 2013.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *