Bautista vê o tempo a passar: «Pergunto-me quantos anos de carreira ainda tenho…»

Por Bola Amarela - Dezembro 24, 2021
bautista

Roberto Bautista Agut tem sido um dos jogadores que, fruto de enorme capacidade de trabalho, se tem mantido mais estável na elite do ténis mundial ao longo dos últimos anos. Agora com 33 anos, o atual número 19 do ranking ATP vem de uma temporada abaixo das suas expectativas – já foi top 10 -, e confessa que começa ter algumas dúvidas.

“Este foi o primeiro ano em que fiz algumas perguntas na minha cabeça. Pergunto-me quantos anos de carreira ainda tenho… Poderei seguir muito mais anos entre os melhores? São perguntas que vais fazendo ao longo do tempo, mas quando isto acabar não me arrependo de nada. Tive uma carreira muito boa e isso deixa-me tranquilo. O tempo dirá até quando”sustentou em entrevista ao Punto de Break.

Questionado sobre a temporada de 2021, Bautista Agut foi pragmático. “As pessoas dizem-me que não fiz um bom ano, mas essa sensação é positivo. Significa que acreditam que tenho mais nível dentro de mim, que posso fazer melhor. Ao mesmo tempo, há outro sentimento de saber que é difícil acabar dentro do top 20. Tive mais altos e baixos, não queria perder tantos primeiras rondas. Estou nisto há muito tempo, há que manter a calma”, apontou.

Bola Amarela