Shapovalov joga muito e despacha Raonic rumo aos ‘quartos’ em Madrid

MADRID. ESPANHA. Denis Shapovalov, de apenas 19 anos, está novamente a mostrar esta semana o quão talentoso é. O jovem canadiano, que até nem está a fazer uma grande temporada — especialmente em terra batida — surpreendeu tudo e todos para se qualificar para os quartos-de-final do ATP Masters 1000 de Madrid, naquela que é a segunda vez que chega ao top 8 de um torneio desta categoria, e a primeira vez que chega aos oito melhores de um evento em terra batida… de qualquer dimensão.

Com uma exibição fabulosa, em todos os capítulos, Shapovalov derrotou o melhor tenista de singulares da história do seu país, Milos Raonic, por 6-4 e 6-4, num duelo em que conseguiu contrariar a grande qualidade de serviço do compatriota, controlando a grande maioria das trocas de bola de fundo do court.

Shapovalov, em busca da sua segunda meia-final Masters 1000 da carreira, depois de Montréal 2017, vai agora defrontar um tenista que, curiosamente, até tem menos experiência do que ele nestas fases de Masters 1000: Kyle Edmund.