Mesmo ‘a feijões’, Djokovic não perdoa e derrota Cilic nas ATP Finals

Por José Morgado - 16 Novembro, 2018

Novak Djokovic, número 1 do Mundo, terminou esta sexta-feira de forma perfeita a sua fase de grupos nas ATP World Tour Finals, na O2 Arena de Londres, a vencer o seu terceiro encontro do Grupo Gustavo Kuerten, diante do croata Marin Cilic, num encontro em que um já estava com o primeiro lugar garantido e o outro já eliminado.

Com mais uma exibição altamente convincente, o sérvio de 31 anos derrotou o croata de 30, por 7-6(7) e 6-2, num encontro em que ainda chegou a ter de enfrentar um set point durante o tie-break da primeira partida. Apesar de não terem grande coisa a ganhar — para além de 200 pontos e algumas dezenas de milhares de euros — Djokovic e Cilic encararam o encontro com enorme seriedade e fizeram valer o preço do bilhete de quem pagou.

Djokovic regressa ao court no sábado pelas 20 horas para defrontar Kevin Anderson, numa reedição da final de Wimbledon, ganha pelo sérvio, nesta mesma cidade.

Cilic ainda não termina a época, já que tem a final da Taça Davis no próximo fim-de-semana, em Lille, diante da seleção francesa, que defende o título no mesmo palco onde em 2017 somou mais um título. O croata faz equipa com Borna Coric, Mate Pavic, Ivan Dodig e Franko Skugor.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.