Déjà vu. Kerber e Cibulkova reencontram-se em Singapura uma semana depois

Uma semana depois do fantástico duelo da primeira jornada da fase de grupos, no último domingo, Angelique Kerber, número um mundial, e Dominika Cibulkova, oitava colocada, vão voltar a encontrar-se para discutirem a final das WTA Finals, em Singapura.

Numa jornada de meia-finais com dois encontros totalmente distintos um do outro, o melhor ficou reservado mesmo para o primeiro encontro, com Cibulkova a derrotar Svetlana Kuznetsova numa batalha titânica, por 1-6, 7-6(2) e 6-4, em 2h27, recuperando de 2-4 de desvantagem no terceiro set, para atingir a segunda final mais importante da sua carreira, logo a seguir ao Australian Open 2014.

“São muitas emoções. Estou muito entusiasmada. Era um dos meus sonhos estar neste torneio e estar na final é simplesmente incrível. Joguei o meu ténis, ela foi muito forte no primeiro set e tive de ser ainda mais agressiva para conseguir vencer. Estou feliz”, confessou Cibulkova no final do encontro.

A outra meia-final foi… um passeio. Kerber controlou de início ao fim e foi demasiado forte para Agnieszka Radwanska, número três mundial e campeã em título, impondo-se por 6-2 e 6-1, em apenas 1h16, num encontro sem grande história, onde a alemã voltou a mostrar o ténis que fez dela número um.

Kerber comanda o confronto direto diante de Cibulkova por 5-4, tendo ganho todos os últimos cinco duelos.

Sobre o autor
-

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social.
Jornalista do Jornal Record desde 2013.
Entrou no Bola Amarela em 2008 e ainda por aqui está, a escrever sobre a modalidade que verdadeiramente o apaixona.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *