Volte-face. WTA de Moscovo NÃO VAI dar wild card a Caroline Garcia

É um verdadeiro golpe de teatro na luta pelas WTA Finals. Caroline Garcia, a necessitar de um wild card para Moscovo (não se inscreveu inicialmente) para poder lutar com Johanna Konta pelo oitavo lugar de acesso a Singapura, viu recusado o seu pedido de wild card para o Premier de Moscovo, onde a britânica é uma das figuras.

Garcia, oitava da Race e nona do ranking, ultrapassou Jo Konta na luta pelas WTA Finals após conquistar os títulos em Wuhan e Pequim, e esta segunda-feira desistiu de Tianjin, na expetativa de se preparar da melhor maneira… para Moscovo, que agora ficou a saber que não vai jogar.

A direção do torneio de Moscovo vai, segundo site desportivo russo ‘Championat.com’, oferecer os convites que tem em mão a tenistas russas.

Perante este cenário, Johanna Konta depende de si para chegar a Singapura: a britânica qualifica-se para as WTA Finals se chegar à final na capital da Federação Russa.

Sobre o autor
- Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Jornalista do Jornal Record desde 2013. Entrou no Bola Amarela em 2008 e ainda por aqui está, a escrever sobre a modalidade que verdadeiramente o apaixona.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *