Stephens perdeu todos os (6) encontros disputados desde o US Open, mas faz algo que só UMA tenista alcançou esta década

A temporada de 2017 foi de emoções fortes para Sloane Stephens. A norte-americana lesionou-se, foi operada, chegou a ver a sua carreira colocada em causa mas regressou com força suficiente para fazer um verão norte-americano de luxo, onde conquistou de forma totalmente inesperada o seu primeiro Grand Slam, no US Open.

Depois… chegaram os problemas: a norte-americana somou seis derrotas seguidas enquanto campeã de Grand Slam, incluindo no Masters B de Zhuhai e na final da Fed Cup, o que ainda assim não a impediu de conquistar a prova pela primeira vez, sem que tenha precisado de ganhar qualquer encontro na Fed Cup ao longo de toda a época.

Stephens torna-se assim apenas na segunda jogadora da década a conquistar um Grand Slam e a Fed Cup no mesmo ano. A outra é a checa Petra Kvitova, que em 2011 e 2014 ganhou Wimbledon e a Fed Cup na mesma época.

Sobre o autor
-

Artigo escrito ou editado pela equipa de redação.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *