Serena Williams dispara 88 erros e faz algo que não acontecia há quase três anos

Serena Williams, número dois mundial, regressou esta semana à competição em Auckland após quatro meses parada, por opção, mas as coisas… não correram nada bem. Enferrujada, sem grande ritmo ou confiança, a campeoníssima norte-americana foi eliminada esta quarta-feira na segunda ronda da prova, frente à sua compatriota Madison Brengle, número 72 WTA, por 6-4, 6-7(3) e 6-4, num encontro que até terminou da pior maneira possível: uma dupla falta.

Ao todo, foram 88 erros não forçados, numa exibição que deixou Serena Williams à beira de um ataque de nervos, não só pela maneira como jogou, mas também porque esta é a sua pior derrota dos últimos anos. Desde abril de 2014 que Williams não perdia com uma jogadora classificada fora do top 50 WTA. Voltou a acontecer agora.

Sobre o autor
- Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Jornalista do Jornal Record desde 2013. Entrou no Bola Amarela em 2008 e ainda por aqui está, a escrever sobre a modalidade que verdadeiramente o apaixona.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *