Konta é campeã em Miami e Wozniacki continua sem saber ganhar finais em 2017

Há menos de quatro anos, Johanna Konta, então já com 22 anos, passava totalmente despercebida na fase de qualificação do Estoril Open e era eliminada pela (bem mais famosa na altura) Yulia Putintseva. Este sábado, em Miami, a britânica de 26 anos confirmou o seu estatuto de top 10 e conquistou no WTA Premier Mandatory norte-americano o título mais importante da sua carreira.

Konta, que iniciou a semana como 11.ª do ranking WTA, derrotou numa final de quase sentido único a dinamarquesa Caroline Wozniacki, 14.ª da hierarquia mundial, por 6-4 e 6-3, em 1h35, disparando três vezes mais winners do que a antiga número um mundial, que continua sem conseguir sagrar-se campeã na Florida.

Com este resultado, Konta não só salta para o seu melhor ranking de sempre – o 7.º posto – como e agora a número dois da Corrida para Singapura, liderada por Karolina Pliskova. Wozniacki é a terceira e as duas irmãs Williams fecham o top 5.

Wozniacki perde a sua terceira (grande) final de 2017, todas em dois sets. Já havia perdido com Karolina Pliskova em Doha e Elina Svitolina no Dubai.

Sobre o autor
-

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social.
Jornalista do Jornal Record desde 2013.
Entrou no Bola Amarela em 2008 e ainda por aqui está, a escrever sobre a modalidade que verdadeiramente o apaixona.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *