Homem que esfaqueou Kvitova ainda não foi apanhado e oferece-se muito dinheiro a quem o encontrar

O homem que assaltou e esfaqueou Petra Kvitova na sua própria casa, no passado dia 20 de dezembro, em Prostejov, ainda não foi apanhado pela polícia checa. A bicampeã de Wimbledon continua o seu processo de recuperação, que a deverá manter afastada dos cours durante, pelo menos, seis meses.

Karel Tejkal, um dos assessores de imprensa de Kvitova, confessou esta quarta-feira que a polícia checa está a oferecer uma boa recompensa – 100 mil coroas checas, cerca de quatro mil euros – a quem der informações sobre o homem, cujo o retrato robô já é público.

Sobre o autor
- Artigo escrito ou editado pela equipa de redação.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *