Sharapova recusa terceiro wildcard da temporada e não vai jogar em Cincinnati

Não está a correr nada bem a temporada de Maria Sharapova, naquele que é o seu regresso aos courts depois de vários meses suspensa devido ao consumo ilegal de Meldonium. A jogadora russa fez saber neste sábado que não vai aproveitar o wildcard que lhe tinha sido atribuído para o torneio de Cincinnati, tomando assim a mesma decisão que já tinha sido tomada para Birmingham e para Toronto.

A lesão no braço esquerdo, de acordo com informações do comunicado do torneio, foi o motivo que levou a antiga número um do mundo e campeã da prova de Cincinnati a não marcar presença na edição deste ano. “Cheguei ontem a Cincinnati ansiosa para jogar. No entanto, seguindo os conselhos do médico no local, como precaução para o US Open, estou a retirar-me do torneio com uma lesão no antebraço esquerdo que contraí em Stanford. Quero agradecer ao torneio pelo convite e estou ansiosa por poder jogar aqui no próximo ano”, disse a russa.

À espera de Maria Sharapova na primeira ronda estava um dos melhores encontros em perspetiva para os primeiros dias da prova, já que a jogadora de 30 anos tinha encontro marcado com Jelena Ostapenko, campeã de Roland Garros. Resta saber se Sharapova irá recuperar a tempo do US Open e, acima de tudo, se a organização da prova norte-americana vai atribuir um wildcard à russa, saltando assim a fase de qualificação.

Sobre o autor
- Licenciado em Jornalismo na Escola Superior de Comunicação Social, em Lisboa. Jornalista da GQ Portugal e colaborador do Bola Amarela desde novembro de 2011, pouco tempo depois de começar a seguir mais atentamente o mundo do ténis. Pretende nunca mais parar.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *