Roddick rejeita a ideia de que Maria Sharapova seja ‘batoteira’

Andy Rodicck, antigo número um mundial, comentou esta semana pela primeira vez o polémico caso do controlo positivo de Maria Sharapova à substância de Meldonium, que a russa de 29 anos acusou durante o Australian Open, em janeiro, após os quartos-de-final diante de Serena Williams.

“Se era legal e se tudo o que ela ganhou foi durante o período em que a substância é legal, nem sei por que razão há tanto alarido. Não há mais conversa. Ela ganhou cinco títulos do Grand Slam e completou um Grand Slam de carreira enquanto tomava algo num período em que essa substância era legal. Parece-me simples”, confessou o norte-americano, retirado em 2012, em declarações ao podcast “Beyond the Baseline”.

Recorde-se que Maria Sharapova continua à espera de saber qual a duração da sua suspensão, numa decisão que será tomada somente após a sua audição, que deverá acontecer em junho.

Sobre o autor
- Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Jornalista do Jornal Record desde 2013. Entrou no Bola Amarela em 2008 e ainda por aqui está, a escrever sobre a modalidade que verdadeiramente o apaixona.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *