Número um francesa renuncia à seleção em mais um episódio polémico

Caroline Garcia, número um francesa – 24.ª WTA de singulares e 2.ª de pares – anunciou esta terça-feira que não vai representar a França na Fed Cup em 2017, depois de ter sido a principal estrela da equipa na caminhada gaulesa para a final da prova este ano, onde a sua seleção só perdeu na final, diante da República Checa.

A tenista de 23 anos confessou que quer forcar-se apenas na sua carreira individual e promete lutar primeiro pelo top 20 e depois pelo lote das 10 primeiras na próxima temporada.

Esta renúncia está a ser no entanto encarada como mais um episódio da polémica entre Garcia e a Federação Franca de Ténis, que a suspendeu preventivamente após os Jogos Olímpicos – a ele e à sua parceira Kristina Mladenovic – porque as duas jogadoras criticaram publicamente a entidade nas redes sociais.

Sobre o autor
- Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Jornalista do Jornal Record desde 2013. Entrou no Bola Amarela em 2008 e ainda por aqui está, a escrever sobre a modalidade que verdadeiramente o apaixona.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *