Martina Hingis disputa primeiro singular desde 2007

A última vez que Martina Hingis disputou um encontro da Fed Cup tinha Agnieszka Radwanksa nove anos. E é precisamente perante a polaca, número nove mundial, que, passados 17 anos, a jogadora suíça vai fazer a sua reestreia na maior competição por equipas no ténis, naquele que será o primeiro singular do confronto do play-off entre a seleção helvética e a equipa polaca.

Tendo a suíça de 34 anos regressado à competição para devastar o circuito de pares (venceu os últimos três torneios que disputou ao lado de Sania Mirza), o capitão Heinz Gunthardt surpreendeu ao eleger Hingis para o primeiro duelo do confronto. O último encontro oficial de singulares que a ex-número um do mundo disputou aconteceu em setembro 2007.

“Estou honrada pela confiança depositada pelo capitão em mim. Sinto que não tenho nada a perder contra a Aga e vou dar tudo o que tenho. Não foi uma decisão fácil porque neste momento a minha zona de conforto é jogar pares. Singulares é todo um jogo diferente, mas espero poder ajudar”, revelou a suíça em conferência de imprensa.

A vencedora de cinco títulos do Grand Slam está ainda escalada para o segundo confronto de singulares de domingo, ante a número dois polaca, Urszula Radwanska, e também para o duelo de pares, ao lado de Timea Bacsinszky. Bacsinszky, melhor jogadora suíça, enfrenta Urszula no segundo jogo do primeiro dia, sábado, e abre no domingo contra Agnieszka Radwanska.

Hingis participou em nove confrontos com a camisola da suíça vestida, tendo o último acontecido em 1998, quando viu a sua equipa ser eliminada nas meias-finais do Grupo Mundial, pela Espanha de Conchita Martinez e de Arantxa Sanchez Vicario, com o resultado de 3-2.

O confronto acontece em Zielona Góra, na Polónia, sobre piso rápido coberto.

Sobre o autor
- Descobriu o que era isto das raquetes apenas na adolescência, mas a química foi tanta que a paixão se mantém assolapada até hoje. Pelo meio ficou uma licenciatura em Jornalismo na Escola Superior de Educação de Viseu e um Secundário dignamente enriquecido por cadernos cujas capas ostentavam recortes de jornais de Lleyton Hewitt. Entretanto ganhou (algum) juízo, um inexplicável fascínio por esquerdas paralelas a duas mãos e um lugar no Bola Amarela. A escrever por aqui desde dezembro de 2013.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.