Maria Inês Fonte pode ser a segunda mais jovem de sempre a estrear-se na Fed Cup

Maria Inês Fonte foi uma das principais novidades da convocatória portuguesa para disputar o Grupo 1 da Zona Europa/África da Fed Cup em Tallinn, na Estónia, durante a segunda semana de fevereiro. Fonte, semifinalista do último nacional absoluto, completa 16 anos no dia 1 do próximo mês, será a segunda portuguesa mais jovem de sempre a representar a seleção, isto caso Neuza Silva opte por colocá-la em campo durante um dos duelos do Grupo 1.

Caso seja utilizada, Fonte será apenas superada na precocidade pela portuense Maria João Koehler, outra das jogadoras presentes na convocatória para 2018. A antiga número 102 WTA estreou-se na Fed Cup em janeiro de 2008, com apenas… 15 anos e 3 meses. Inês Fonte terá 16 anos e uma semana. Michelle Larcher de Brito, que não vai a Tallinn, a segunda mais jovem da história (por enquanto), com 16 anos e 3 meses.

Para além de Fonte e Koehler, Neuza Silva chamou outras duas jovens à seleção nacional: Inês Murta e Francisca Jorge, que se estrearam ambas com 17 anos.

Sobre o autor
- Artigo escrito ou editado pela equipa de redação.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *