James Blake também defende mudanças na WTA para proteger as jogadoras durante a gravidez

O tema da maternidade está em alta nos meandros do circuito feminino devido ao recente nascimento da filha de Serena Williams, que empurrou a norte-americana para o fundo do ranking e a obriga a ‘começar do zero’ no regresso às posições mais cimeiras. A colega Simona Halep já tinha abordado o assunto em Indian Wells e, agora, foi a vez de James Blake referir que as regras deveriam alteradas de forma a proteger as jogadoras nestas situações.

“As jogadoras que têm a sua carreira interrompida devido à gravidez deveriam ser protegidas”, disse James Blake, antigo finalista do Estoril Open. “Este tipo de coisas não deviam acontecer. Não é que tenha sido por uma lesão ou que tenha perdido a peixão pelo desporto, e espero que façam uma revisão deste tema para que não seja demasiado tarde para a Serena quando decidir ter outro filho”.

Neste momento, Serena Williams ocupa a 491.ª posição na hierarquia mundial feminina, fruto da terceira ronda atingida no Premier de Indian Wells. Alexis Olympia Ohanian, a filha, nasceu no dia 1 de setembro.

Simona Halep afirma que a primeira cabeça-de-série em Indian Wells devia ter sido Serena Williams

 

Sobre o autor
- Licenciado em Jornalismo na Escola Superior de Comunicação Social, em Lisboa. Jornalista da GQ Portugal e colaborador do Bola Amarela desde novembro de 2011, pouco tempo depois de começar a seguir mais atentamente o mundo do ténis. Pretende nunca mais parar.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.