Federação francesa terá ameaçado e obrigado Garcia a competir na Fed Cup para não falhar Roland Garros

Já se sabe que os franceses gostam de um bom drama e é precisamente isso que estão a ter por estes dias com a sua seleção da Fed Cup. Ora, Caroline Garcia, a melhor jogadora do país na competição nos últimos cinco anos e principal responsável pela qualificação gaulesa para a final de 2016, renunciou à competição este ano para se concentrar na sua carreira individual só que… foi chamada para o Playoff da próxima semana, diante da Espanha.

Em comunicado, a francesa anunciou a sua desistência (por lesão) do torneio que se disputa na semana seguinte à Fed Cup – em Estugarda – e fontes próximas da jogadora garantiram ao L’Equipe que a Federação Francesa de Ténis obrigou a jogadora a marcar presença na convocatória, sob pena de ser suspensa de todos os torneios organizados por esse organismo, nos quais se incluem… Roland Garros, pois claro.

“Ela foi chamada e por isso tem de vir. Aqui avaliaremos se ela está de facto lesionada ou não e como vamos agir perante a situação. Se ela não entender, vamos entender que recusou a seleção e o processo seguirá os trâmites legais. O Yannick Noah, selecionador, decidiu chamá-la e essa é a decisão”, disparou o diretor técnico da FFT.

Garcia emitiu um comunicado onde diz que está lesionada e só volta em maio (apesar de aparecer na convocatória da seleção), que mereceu resposta irónica das suas colegas de equipa minutos depois. No Twitter, onde tudo tem acontecido.

Sobre o autor
- Artigo escrito ou editado pela equipa de redação.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *