Bielorrússia (sem Azarenka) e Estados Unidos (sem as irmãs Williams) estão na FINAL da Fed Cup

A Bielorrússia fez história este fim-de-semana, ao qualificar-se para a final da Fed Cup pela primeira vez na história, e vai receber a 11 e 12 de novembro a seleção dos Estados Unidos no confronto de discussão do título da maior prova de seleções femininas do Mundo.

O surpreendente percurso da Bielorrússia na competição ganha ainda maior relevo pelo facto ter sido todo cumprido… sem Victoria Azarenka, a maior estrela do ténis no país. Recém mamã – vai voltar em agosto – Vika assistiu à eliminatória junto da equipa e viu as suas companheiras derrotarem a Suíça, que era favorita, por 3-2, com Aliaksandra Sasnovich (sobre Timea Bacsinszky) e a ainda mais surpreendente Aryna Sabalenka, de 18 anos, (derrotou Viktorija Golubic), a assumirem o protagonismo para a sua seleção.

Nos Estados Unidos, as norte-americanas não contaram com nenhuma das suas quatro olímpicas de singulares em 2016 – Serena Williams, Venus Williams, Madison Keys e Sloane Stephens – mas conseguiram ainda assim eliminar uma igualmente desfalcada campeã em título República Checa – sem Karolina Pliskova, Petra Kvitova e Barbora Strycova – por 3-2. Tudo ficou resolvido no par decisivo, ganho por Bethanie Mattek Sands e CoCo Vandeweghe.

Sobre o autor
-

Artigo escrito ou editado pela equipa de redação.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *