Dono do torneio de Madrid foi contra o wildcard de Sharapova e revela quem tomou a decisão

Ion Tiriac pode até ter a fama de ser dono do Mutua Madrid Open mas parece não ter o proveito de orientar os interesses da prova espanhola. Garante o romeno de 77 anos, como refere o Tennis World, que Maria Sharapova recebeu o wildcard para disputar o torneio contra a sua vontade.

“Os convites foram solicitados a vários torneios: Estugarda, Madrid, Roma, entre outros”, disse Tiriac. “Primeiro, eles [a organização do torneio] questionaram-me sobre isso e, como dono torneio, eu não concordei em que fosse dado um wildcard a Sharapova. Mas a decisão final não é minha. Os organizadores têm o poder de decidir e não o dono. O Manolo Santana, diretor e organizador do torneio, é quem decide essas coisas”.

Com mais ou menos aprovação, a ex-número um mundial e campeã de cinco títulos do Grand Slam vai ter mesmo carta verde para disputar três provas a partir do dia 25 de abril, graças a convites que recebeu assim que ficou definido o fim da sua suspensão por doping. Depois do torneio de Estugarda, na Alemanha, Sharapova vai rumar a Madrid e, de seguida, a Roma.

Sobre o autor
-

Descobriu o que era isto das raquetes apenas na adolescência, mas a química foi tanta que a paixão se mantém assolapada até hoje. Pelo meio ficou uma licenciatura em Jornalismo na Escola Superior de Educação de Viseu e um Secundário dignamente enriquecido por cadernos cujas capas ostentavam recortes de jornais de Lleyton Hewitt. Entretanto ganhou (algum) juízo, um inexplicável fascínio por esquerdas paralelas a duas mãos e um lugar no Bola Amarela. A escrever por aqui desde dezembro de 2013.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *