Agente de Sharapova surpreende: «Maria podia retirar-se este ano se não tivesse sido suspensa»

Max Eisenbud, agente de Maria Sharapova, abordou o que poderá ser o futuro da russa em entrevista à CNN, deixando uma revelação curiosa, caso Sharapova não tivesse sido suspensa, este poderia ser o seu último ano.

“Se a suspensão não tivesse acontecido, ela retirar-se-ia este ano. Assim, penso que irá até aos Jogos de Tóquio, se estiver bem”, adianta Eisenbud. A questão das lesões da russa também foi tema de conversa. Aliás, muitos dos problemas que a ex-número 1 mundial foi tendo tiveram origem nessas questões físicas. O próprio Meldonium, substância ilegal a partir de 2016 e que provocou a suspensão de Sharapova, era algo que a russa tomava já há mais de 10 anos por causa de lesões.

“Ela estava em má forma, precisava de descanso”, disse Eisenbud acerca das várias lesões que Sharapova foi tendo nos últimos anos. “Ela está pronta para uma terceira carreira. A primeira foi antes da operação ao ombro, a segunda foi depois e a terceira é agora. Eu vi-a treinar na semana passada e fiquei surpreendido com a sua motivação e como está tão bem”.

Por fim, acerca da recente polémica com os wild cards oferecidos a Sharapova por parte de torneios como Estugarda, Madrid ou Roma, Eisenbud desvaloriza. “Todos os torneios me ligaram a perguntar por ela, todos mesmo”, refere.

Sobre o autor
-

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *