WTA emite comunicado e alinha-se com Serena Williams na luta contra o sexismo

O presidente do WTA, o norte-americano Steve Simon, emitiu um comunicado este domingo ao final da noite, onde se alinha com Serena Williams na luta pelo tratamento igual por parte dos árbitros em relação a homens e mulheres, reforçando a tese de que Carlos Ramos não teria o mesmo comportamento para com um homem — que é muito fácil de desmentir com factos.

“A final mostrou como há maneiras diferentes de as regras serem aplicadas a homens e a mulheres. O WTA acha que não deve haver diferença na tolerância no que à expressão de emoções diz respeito. Consideramos que na final não houve essa igualdade”, pode ler-se num comunicado que defende ainda a implementação do coaching em torneios do Grand Slam.

  • Categorias:
  • WTA